O desenho não é só expressão: é pensamento em acção.

by Sara del Rio

Quando os acontecimentos “insignificantes” do dia-a-dia se transformam em extraordinários processos de construção de significados assim que investigamos sobre a sua complexidade e profundidade.

"Os desenhos não servem apenas para representar coisas, quando são acompanhados por narrativa podem representar também significados."

O João, 3A4m, torna visível através do seu desenho um padrão de comportamento (schema) ao nível do seu pensamento que tem emergido na maioria das suas brincadeiras:


Rodear, envolver ou cercar.

Técnica: sobreposição de diversas camadas de tinta preta aplicadas com um rolo em movimentos maioritariamente verticais, o rolo na mão direita e a tigela com a tinta na esquerda, sobre o papel branco pendurado na parede.

Aqui representado temos um barco. O João fala sobre ele sem ter por perto qualquer adereço que o relembre de como é um barco. Desta forma o seu processo de pensamento é reflectido no relato verbal.

Aponta para a parte de baixo do desenho:

“Isto é para a água.“

– interpreto como símbolo (significa uma parte do barco, a que fica dentro de água) e objecto (significa a parte de baixo do barco).


Aponta para a parte de cima do desenho:

“E isto é o volante.”

– interpreto como símbolo (significa uma parte do barco, a que fica fora de água) e objecto (significa o volante).


Ao descrever as duas partes do barco o João mistura o seu pensamento com as suas experiências reais e ideias – já esteve dentro de um barco ou já viu um – o que revela intencionalidade esquemática: o “volante” e a parte que é “para a água” mostram que estruturou o seu pensamento e fez a sua escolha do que incluir no seu desenho – e é esta sua descrição que acrescenta significado ao objecto barco.


Este padrão repetitivo domina as suas narrativas e encenações: o cubo já foi uma piscina para onde mergulhou, o chão muitas vezes é o mar e ele um mergulhador, uma estante que se transforma num comboio depois de se encaixar lá dentro, e este comboio “está a afundar”, uma casa feita debaixo de um banco corrido, desenha círculos fechados com os marcadores no papel, são alguns exemplos.

Share this post.

LATEST POSTS

Cela

MFK

Download your free Introductory Guide + Toolkit

iPhone-12-Mockup